Como aproveitar a praia com segurança e evitar afogamentos

Como aproveitar a praia com segurança e evitar afogamentos

Dicas simples ajudam a evitar problemas e aproveitar o verão com mais tranquilidade

Confira algumas dicas para aproveitar o mar com segurança.

Álcool/drogas
Se tiver consumido bebida alcoólica, não entre no mar. “Sob o efeito de álcool, a pessoa perde a capacidade de avaliar riscos. E isso pode ser fatal quando se está no mar”, aponta a tenente Turra. A orientação também vale para outras drogas, incluindo alguns medicamentos que causam sonolência. Se alguém nessas condições quiser entrar na água, impeça.

Crianças na areia
Em nenhum momento, as crianças devem ficar desacompanhadas na praia. Na areia, o recomendável é que os pais ou responsáveis combinem de cada um cuidar de uma criança. Se pai e mãe, por exemplo, ficam responsáveis por todos os filhos, pode acontecer de os dois estarem acompanhando só uma delas, enquanto a outra se perde. Deixe bem claro quem é responsável por quem.

Crianças no mar
Se, na areia, a criança jamais deve estar desacompanhada, no mar o cuidado vale mais ainda. Os pequenos só devem entrar na água com o acompanhamento de um adulto. O adulto, aliás, deve sempre se manter à distância de aproximadamente um metro da criança – o equivalente a um braço estendido. Dessa forma, caso a criança se desequilibre na água, é mais fácil puxá-la e retirá-la do mar.

Salvamento
Não tente ajudar se você não for capacitado a socorrer alguém que esteja se afogando. Muitas vezes, ao tentar ajudar, a situação pode piorar. O ideal, explica a tenente Virginia Turra, é sempre procurar o auxílio de um guarda-vidas.

Companhia
Tente sempre entrar no mar acompanhado, mesmo quando ficar na parte rasa. Se algo ocorrer a uma das pessoas, a outra pode buscar socorro.

Brinquedos infláveis
Nenhum brinquedo inflável deve ser considerado item de segurança. Principalmente para crianças. Em alguns casos, ressalta a tenente Virginia Turra, esses brinquedos podem até agravar o quadro de afogamento. “Eles podem inverter a posição das crianças no mar, as deixando de cabeça para baixo, o que só piora a situação”, reforça.

Mar de noite
O recomendável é não entrar no mar de noite, já que de madrugada os salva-vidas não estão de plantão. Se for pular as sete ondas da sorte na entrada do ano novo, só entre no mar até a altura do joelho. Mais do que isso, você pode estar correndo risco.

Fonte: Gazeta do Povo