Barra do Saí: a última e a mais tranquila praia do litoral do Paraná

Barra do Saí: a última e a mais tranquila praia do litoral do Paraná

Na fronteira do Paraná com Santa Catarina, colônia de pescadores tem encantos escondidos

A Barra do Saí é a primeira praia do nosso litoral ou a última? Depende do ponto de vista. O que se pode afirmar é que a menos visitada e uma das mais tranquilas do litoral do Paraná tem belezas e segredos que nem todos conhecem.

São mais de 2 km de areias brancas divididos entre os municípios de Guaratuba (PR) e Itapoá (SC) com poucas construções. O acesso do lado paranaense é pela PR – 412. Pegue o acesso ao Balneário de Coroados. A Barra do Saí fica no final da praia sentido Santa Catarina. 

A divisa entre os territórios é feita pela barra do rio Saí-Guaçu que encontra o mar criando um cenário belíssimo, preferido por aves marinhas como o Gaivotão, Gavião-Carijó e Garça-branca-grande e caranguejos que ululam nos mangues da região. Toda esta beleza, cercada por quilômetros de mata nativa preservada da APA de Guaratuba.

Logo em frente ao canal, há a ilha Saí Guaçu cujo pequeno território é dividido entre os dois estados.No meio da ilhota há um marco da divisão dos estados. Há também uma imagem de Nossa Senhora Aparecida que fala muito sobre a comunidade.

A imagem foi levada para lá por intermedido de Angela Maria dos Santos  – matriarca dos pescadores pioneiros da região na década de 1970 – que era devota da santa. De lá para cá, a colônia de pescadores cresceu, mas não muito.

Cerca de 30 famílias moram por ali quase todos trabalham com a pesca, a coleta dos caranguejos e outras atividades no mar.

É possível contratar passeios ao redor da ilha com direito a paradas e mergulhos com os pescadores locais por cerca de R$ 50 por pessoa. Assim, tem lugar para todas as atividades: banho, surfe, jet-ski, barcos, pesca, caiaque. No lado paranaense, porém, é necessário ter prudência e consultar os salva-vidas ao entrar no mar com o canal do rio quando encontra o oceano.

Dona do local há seis anos, a empresária Maria Helena Marinho (foto acima) classifica de paraíso o seu pedaço de chão. Maria Helena lidera uma campanha de conscientização para a limpeza da praia. “Aqui não tem esgoto, a água é clarinha. Quando a maré baixa dá para as crianças brincarem no canal. Todo mundo se conhece e se ajuda”, disse.  

Outra tradição que a comunidade está retomando há quatro anos é a festa de carnaval, com o Bloco do Caranguejo que sai na tarde do sábado e encerra na praia já na madrugada de domingo. Nesse ano, a comunidade da Barra do Saí espera reunir mil pessoas na festa.

fonte: Gazeta do Povo